Edifício de traço seiscentista, provável pavilhão de caça, a casa da Quinta da Balança, em Terras de Bouro, desfruta de uma oportuna localização, às portas do Parque Nacional da Peneda Gerês, e, situada a meia encosta, dela se alcança extensa paisagem sobre o vale do Rio Homem e sobre Santo António de Mixões da Serra, contraforte da Serra Amarela.

A casa, em granito, oferece um amplo salão, com lareira apalaçada e tecto em madeira apainelada, uma romântica varanda minhota lançada a poente, com tecto em masseira, três quartos e cozinha.

A casa encontra-se encerrada num logradouro murado, dispõe de jardim frente aos pilares da varanda, com um tanque de água corrente, um canastro e uma ramada de glicínias que refresca uma mesa em pedra para refeições ao ar livre.

A Quinta da Balança, aos pés da casa, que se espraia pela encosta em socalcos - e dispõe, no topo, de uma zona ajardinada com um largo tanque agrícola em granito - é constituída por uma vinha e um bosque de carvalho e freixo.